Preparar Para Usar

Saco de contar histórias

Literacia em contexto familiar

“Saco de contar histórias” é uma atividade lúdica a realizar em família, promovendo o desenvolvimento da oralidade da criança, novo vocabulário, organização e compreensão da ação da história, memória e criatividade.

Objetivos

Gerais:
     - Desenvolver a oralidade e a fluência verbal;
     - Desenvolver o vocabulário.

Específicos:
-Ajudar a criança a organizar o pensamento e criar histórias.


Contexto


Material

     - Um saco de algodão ou outro tecido, com um cordão para fechar;
     - Objetos variados e interessantes que possam ser encontrados pela casa ou na sala na escola: animais de brinquedo, bonecos de LEGO, ferramentas e alimentos de brinquedo, itens de artesanato, ...

 

Contextualização

     - O uso de objetos variados e significativos que se vão retirando de forma aleatória do saco permite às crianças iniciarem mais facilmente a atividade de contar histórias e é uma fonte para histórias irrepetíveis. Outro aspeto a considerar é o facto de se poder integrar estratégias de tutoria parental durante a atividade e envolver os diferentes elementos da família.


Desenvolvimento e demonstração da atividade

     - Colocar num saco de tecido diferentes objetos pequenos e interessantes – animais brinquedos, acessórios, artesanato, ferramentas, itens domésticos.
     - Para iniciar a atividade, reúna um grupo de elementos que irá participar na criação da história.
     - “Vamos contar uma história com a ajuda destes objetos que estão no saco. Vou começar eu!”. Retira o 1.º objeto do saco sem escolher e começa a narração, integrando o objeto retirado na ação da sua história. Passa a palavra a outro elemento do grupo, pedindo-lhe para retirar outro objeto e continuar a sua história.
     - À medida que cada contador remove um objeto, usa-o como sugestão para adicionar à história. A pessoa que retira o último objeto do saco deverá encerrar a história.


O que deve observar

     - Palavras/vocabulário que as crianças não conhecem ou têm mais dificuldade em repetir.
- Diferenciar e escolher novos objetos para poder usar numa próxima atividade.


Diferenciação para crianças com dificuldades

     - Durante a realização desta atividade é importante identificar quem eventualmente poderá ter mais dificuldade em manter um fio condutor e a compreensão da ação da história, ou até dificuldade em memorizar a informação prévia. Nesse caso, no sentido de estimular esse ritmo e fluência ao contar a história, o adulto poderá fazer a ligação sobre o que foi dito previamente, recuperando ou sumariando a informação (exemplo: “então até agora, já sabemos que aconteceu isto e isto ... e do saco agora saiu um elefante (animal de borracha). O que é que poderá ter acontecido na história para entrar o elefante?”).
     - Reforçar positivamente a história que vai emergindo e corrigir possíveis erros providenciando feedback construtivo ao grupo no seu todo (não de forma individualizada) ou à criança se for no seio familiar.
- Oriente a participação de crianças com mais dificuldades fazendo-lhes perguntas sobre as suas ideias para a história, as ações das personagens, etc.


Autoria do recurso

     - https://www.pbs.org/parents - Learning at Home: 9 Early Literacy Activities – adaptação da atividade “Storytelling Sac”.


Publicação: 9.março.2021

Textos Relacionados