Aprender Para Usar

Ensino das correspondências grafema-fonema

Métodos fónicos

A aprendizagem da leitura e da escrita exige perceber, assim como, aprender, a associação entre as letras (grafemas) e os “sons“ que representam (fonemas).

Desde o início da aprendizagem, é necessário que as crianças entendam que existem relações consistentes entre grafemas e fonemas – leitura -, e, na outra direção, entre fonemas e grafemas - escrita. Tal implica ensinar explicitamente as relações entre ambos numa sequência claramente definida. 

As correspondências grafema/fonema têm duas faces: a gráfica (escrita) e a sonora (falada). Assim, na fase inicial da aprendizagem são fundamentais, três tipos de aprendizagem que se reforçam reciprocamente:  

  • a das letras, 
  • a tomada de consciência dos fonemas, 
  • a das relações entre letras ou grupos de letras e fonemas. 

Este vídeo apresenta algumas estratégias que podem ser usadas com os alunos com o objetivo de ensinar explicitamente todas as etapas pelas quais deve passar o processo de aprendizagem de uma correspondência grafema-fonema:

  1. Apresentação do Fonema/Grafema
  2. Desenho da letra (treino grafomotor)
  3. Análise de palavras começadas pelo fonema
  4. Decodificação de palavras com o fonema



Publicação: 03.maio.2022

Ver/Imprimir

Textos Relacionados

Multimédia

Aprender Vídeo

Ensino das correspondências grafema-fonema - Um exemplo com alunos do 1.º ano

Este vídeo apresenta algumas estratégias que podem ser usadas com os alunos com o objetivo de ensinar explicitamente todas as etapas pelas quais deve passar o processo de aprendizagem de uma correspondência grafema-fonema.