Aprender Para Usar

Bingo dos sons das letras

Conhecimento das letras, do seu nome, som e correspondência(s) fonémica(s)

Este jogo deve ser realizado quando todas as letras já tiverem sido ensinadas e se pretende consolidar os conhecimentos sobre as correspondências entre os fonemas e os grafemas.

Objetivos

Gerais:

- Treinar as correspondências entre os “sons" das letras e as letras;
- Consolidar os conhecimentos sobre letras minúsculas e maiúsculas.

Específicos:
- Identificar as letras nos cartões de BINGO que representam os sons de letra que vão sendo sorteados.


Contexto


Material

     - 24 bolas de ténis de mesa
     - Saco
     - 24 etiquetas com os “sons das letras” para colar nas bolas;
     - 20 cartões de BINGO;


Contextualização

     - Nesta tarefa serão apenas incluídos grafemas simples e fonemas que aparecem no início das palavras pelo facto de se pretender treinar também a associação entre letras maiúsculas (que só aparecem no início da palavra) e as letras minúsculas.

     - É muito difícil ou impossível produzir isoladamente os fonemas consonânticos, nomeadamente os oclusivos (por exemplo, os fonemas /t/, /p/, /m/), sem produzir o fonema vocálico /ɨ/. Por exemplo, quando queremos produzir o fonema /t/ o que na realidade dizemos é /tɨ/ como na primeira sílaba da palavra - /tɨ`naS/. Por essa razão dizemos que vamos ditar sons de letras e não fonemas. De qualquer forma, o importante é que o adulto que aplica a tarefa se esforce por produzir o “som” de letra mais aproximado possível ao fonema (atenção: o objetivo desta tarefa não é treinar o nome da letra, mas sim os sons que ela representa).

     - Relativamente ao jogo, cada criança da turma terá um cartão de BINGO diferente com 13 letras, enquanto o adulto que aplica a tarefa ficará com o saco dos “sons das letras”. O adulto produz o “som” da letra sorteada e as crianças nos seus lugares devem assinalar no seu cartão se tiverem uma letra que representa esse “som”. Quando for sorteado um “som” que pode ser representado por mais do que uma letra o adulto deve chamar à atenção desse facto (“atenção que este “som” pode ser escrito por mais do que uma letra”).


O que deve observar

Deve anotar se cada criança consegue:

     - Compreender as instruções da atividade
     - Nomear as letras do seu cartão
     - Assinalar corretamente os sons das letras no seu cartão
     - Ficar a tento aos sons de letras ditados
     - Permanecer atento e sentado durante a atividade
     - Esperar pela sua vez de jogar


Extensão da atividade

   -  Este jogo pode ser realizado incluindo também grafemas complexos e aceitando os fonemas do meio da palavra.


Diferenciação para alunos com dificuldades

     - As crianças que tiverem apresentado dificuldades na realização da tarefa poderão realizá-la uma segunda vez, em grupo mais pequeno (até 6 crianças).

     - Neste nível do jogo, antes do sorteio das bolas de BINGO, cada criança (uma de cada vez) vai treinar a identificação dos sons que constam no seu cartão de BINGO, dizendo-os em voz alta para o grupo. Se tiver dificuldades em dizer os sons de alguma das letras o adulto deve explicar, mas a criança tem de conseguir “nomear” pelo menos um “som” de cada uma das letras do seu cartão de forma autónoma. O resto do jogo desenrola-se da mesma forma que no nível I da atividade.


Autoria do recurso

- Vale, A.P. & Martins, B. (2020). Sons espaciais. In Vale, A.P. & Martins, B. (2020). Atividades e materiais para promoção da consciência fonológica e fonémica, leitura e escrita. PNL2027/ EDULOG.


Publicação: 4.janeiro.2021

Textos Relacionados